Anúncio

Afinal, Dilma é a favor do Aborto ou não????




Nos últimos dias, o ABORTO tem sido muito comentado em nosso país. Nesse exato momento em que estou postando, o aborto é um dos assuntos mais comentados no twitter. No Brasil, que é um país declarado cristão, o aborto é crime.
No entanto, devido à campanha presidencial que está acontecendo em nosso país, o assunto tomou grandes proporções depois que vídeos foram postados no youtube em que mostra a candidata Dilma Rousseff, manifestando-se favorável à descriminalização(legalização) do aborto. (Veja o Vídeo, Veja esse outro vídeo.)


Logo, os evangélicos, manifestaram seu descontentamento com a proposta. Muitos se uniram, postaram vídeos na internet, manifestaram-se no twitter, pedindo para que não votassem na candidata Dilma Roussefff, nem muito menos na Marina, outra candidata, que manifestava-se favorável à um plebiscito sobre a descriminalização do aborto.


No entanto, após perceber que estava perdendo espaço entre os evangélicos, Dilma em uma reunião com Evangélicos, dar uma nova versão para o assunto. E diz “.. eu pessoalmente sou contra o aborto...” (Veja o vídeo)


Porém, em uma entrevista à revista Marie Clarie, Dilma afirma: “Abortar não é fácil pra mulher alguma. Duvido que alguém se sinta confortável em fazer um aborto. Agora, isso não pode ser justificativa para que não haja a legalização...Existem várias divisões no país por causa dessa confusão, entre o que é foro íntimo e o que é política pública. O presidente é um homem religioso e, mesmo assim, se recusa a tratar o aborto como uma questão que não seja de saúde pública. Como saúde pública, achamos que tem de ser praticado(o aborto) em condições de legalidade”(Veja a entrevista completa).


Afinal, Dilma é a favor do aborto ou não? Se é ou não é eu não sei, no entanto, o site Folha.com publicou hoje: PT estuda tirar aborto de programa para estancar queda de Dilma entre religiosos. Porventura, pode-se tirar o que não foi colocado?? Se vão tirar o aborto do programa, é porque, o aborto faz (ou fazia) parte do programa de Dilma Rouseff.


Portanto, dia 31 se aproxima. Não sou fanático, à A ou B. Tudo o que quero, não só eu como milhares de evangélicos sérios (Haja vista que alguns não estão nem preocupados), é que o aborto não seja legalizado no brasil.




Leia Mais sobre o assunto: 







Postar um comentário

0 Comentários