Anúncio

Tecnologia usa imagem digital para clonar chave de casas e cadeados

Projeto foi desenvolvido em universidade dos Estados Unidos.
Pesquisador dá alerta: novidade também cria oportunidade para golpistas.
Pesquisadores da Universidade de Califórnia, em San Diego (EUA), desenvolveram um software que permite a clonagem de chaves - sejam elas de casas ou cadeados, por exemplo - usando como base as imagens digitais. Segundo a publicação britânica "Telegraph", a tecnologia é capaz de reproduzir fielmente o formato das chaves mesmo quando as imagens são registradas a muitos metros de distância. Em uma demonstração do programa chamado Sneakey, pesquisadores no topo de um prédio de quatro andares tiraram uma foto de um molho de chaves colocado no térreo, como mostra a imagem ao lado. "Nesse caso, a chave estava a cerca de 60 metros de distância. Isso mostra que um golpista poderia roubar facilmente a chave de uma vítima em potencial, sem medo de ser identificado", diz o site oficial do projeto.
"Com essa foto, foi possível extrair dados suficientes para duplicar a chave com perfeição. É um exemplo de como a computação pode criar brechas de segurança, mesmo no universo físico e analógico", continua. Parte da missão dos pesquisadores é mostrar que as chaves tradicionais podem não ser tão seguras quanto se pensa.

Alerta
Apesar de os pesquisadores não divulgarem detalhes sobre a tecnologia, justamente por questões de segurança, eles afirmam que pessoas mal-intencionadas poderiam adotar aplicações parecidas. Por isso, o professor de ciência da computação Stefan Savage, que liderou a iniciativa, dá um alerta: as pessoas devem tratar suas chaves como um cartão de crédito, expondo-as somente quando necessário.

Ele também aconselha os internautas a não publicarem na internet imagens que exibem chaves. "Se você for até um site como o Flickr, vai encontrar muitos desses itens", disse. "Geralmente as pessoas borram algumas imagens antes de colocá-las na internet, e a mesma precaução deve ser tomada antes de expor as chaves", disse.

Alguns especialistas já conseguem copiar o formato das chaves usando imagens em alta resolução. No entanto, os avanços na tecnologia podem colocar essa mesma técnica ao alcance de criminosos, simplificando esse tipo de clonagem.(Juliana Carpanez Do G1, em São Paulo )

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Olá..como vai.??..sou o dono do blog felipe-tec.!>.ele é muito legal.!!..só tem nóticias de tecnologia.!!..acho que você vai gostar.!!Visiti lá.!!..O link é:

    http://www.felipe-tec.blogspot.com
    OBRIGADO PELA ATENÇÃO !

    ResponderExcluir