Anúncio

"O computador de U$ 100 foi pro espaço...."

Vocês lembram dos computadores chamados XO ou o "laptop de U$100", tão badalados e testados por escolas públicas brasileiras no ano passado? Atualmente, seu preço está o dobro do valor proposto e se depender da Intel não sai mais. Veja isso...
"Intel abandona projeto "Um Computador Para Cada Criança"
Washington, 4 jan (EFE).- A fabricante de microprocessadores Intel se retirou do projeto "Um Computador Para Cada Criança", lançado por Nicholas Negroponte para facilitar o acesso às tecnologias nos países em desenvolvimento, por ter chegado a um "ponto morto sobre a filosofia" do programa.
A multinacional abandona o projeto após apenas sete meses de colaboração com o fundador do programa "One Laptop Per Child" (OLPC), o professor do Instituto Tecnológico de Massachusetts (MIT) Nicholas Negroponte, informa hoje o "New York Times".

A retirada da Intel como grande parceiro do projeto representa um forte golpe no programa, que tem como objetivo proporcionar aos países mais pobres computadores portáteis por U$ 100 como forma de estimular a educação.

A Intel, que aderiu ao projeto em julho de 2007, abandona não apenas a colaboração técnica com o OLPC mas também sua cadeira no conselho da organização sem fins lucrativos.

Por trás da saída da empresa do projeto humanitário estão as divergências entre Negroponte e o presidente da Intel, Craig R.

Barret, que trocaram acusações na imprensa.

A Intel divide com o OLPC o objetivo de facilitar a países em desenvolvimento o acesso às novas tecnologias.

A companhia desenvolveu um projeto similar, que recebeu o nome de "Classmate PC" e que proporciona "capacidades aos jovens" em regiões pobres do mundo.

Negroponte pediu à Intel que abandonasse seu próprio programa, pelo menos enquanto a parceria durasse.

As diferenças chegaram a tal ponto que Negroponte acusou a Intel de práticas empresariais "vergonhosas" e afirmou que a empresa prejudicava a missão do OLPC.

De acordo com Negroponte, a multinacional teria vendido o "Classmate PC" abaixo de seu custo de produção para fazer frente ao projeto OLPC.

Já Barrett disse que o OLPC era um "brinquedo".

Negroponte atribuiu a reação da Intel ao fato de os computadores do OLPC, chamados de XO, utilizarem chips produzidos por seu principal concorrente, a Advanced Micro Devices (AMD), o que a Intel nega. EFE cai jfc/dgr"(Mundo virtual)

Links relacionados: Intel terá laptop de baixo custo

Postar um comentário

1 Comentários

  1. Ainda assim acredito que este vá para a frente. É necessário adaptar a tecnologia aos paises em desenvolvimento pois é humanitariamente obrigatório e económicamente viável.
    ia3m.blogspot.com

    ResponderExcluir