Anúncio

Número de malware é recorde absoluto em 2007

Estudo diz que a produção de vírus este ano foi igual à dos 20 anos anteriores, somados.

A empresa de segurança F-Secure publicou esta semana um relatório com números impressionantes. Segundo o documento, a estimativa para 2007 é de meio milhão de ameaças. Esse número, diz a empresa, corresponde à soma de todas as ameaças registradas nos vinte anos anteriores. Um crescimento exponencial (veja o gráfico).

O relatório afirma ainda que os fazedores de vírus estão produzindo variantes em altíssima escala. Isso explica em parte a assustadora expansão das ameaças. É mais rápido fazer uma variante do que bolar um malware totalmente novo.


“A criação genuína está em declínio”, diz o relatório. No lugar dela, surgiram os kits para fazer vírus, vendidos no mercado do crime digital. Esses kits permitem produzir ameaças com pequenas variações. Além disso, não surgiram novas técnicas. Os esquemas já existentes foram apenas refinados.

Do ponto de vista dos sistemas operacionais, o relatório afirma que o Windows XP ainda é a principal vidraça. “A resistência do Vista ainda não foi testada a plena carga”, diz. Uma mudança já esperada é a ascensão do Mac OS X como nova vidraça. Na esteira do iPod e do iPhone, o Macintosh ganhou mercado e passou a interessar aos programadores de códigos nocivos.

“Nos anos recentes, detectamos um ou dois exemplares de malware voltados para Macs”, diz Patrik Runald, pesquisador da F-Secure. “Desde outubro último, já encontramos entre 100 e 150 variantes”.(INFO)

Postar um comentário

0 Comentários