Anúncio

Meliponicultor de Belterra pede menos seminários e mais atitudes para salvar as abelhas dos efeitos maléficos dos agrotóxicos


Em resposta à publicação "Semana do meio ambiente discute mortandade de abelhas no Baixo Amazonas. A programação foi iniciada com uma visita ao apiário do Sr. Joãozinho, na cidade de Belterra", postada ontem (05/06/2018) aqui no Blog do Ronilson, o meliponicultor João do Nascimento Rocha, da cidade de Belterra, criticou a existência de tantos seminários e poucas atitudes que visem salvar as abelhas dos "efeitos maléficos dos agrotóxicos".

Na opinião do meliponicultor é preciso que sejam tomadas atitudes enérgicas, com leis ambientais eficazes. Confira o comentário, na íntegra, neste link (ou leia abaixo).


Importante: denomina-se Meliponicultor aquele que cria abelhas sem ferrão (Meliponíneos). A atividade exercida por este chama-se meliponicultura.