Anúncio

Caixa Econômica Federal inicia pagamento do FGTS para vítimas de enxurrada em Santarém

A Prefeitura de Santarém, por meio da Coordenadoria Municipal de Defesa Civil, informa que a Caixa Econômica Federal (CEF) iniciou quinta-feira (21), o atendimento para o pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) aos trabalhadores residentes em Santarém que foram vítimas de enxurradas no início do ano.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Darlison Maia, os atendimentos para liberação do FGTS acontecem no período de 21 de junho a 4 de julho de 2018, em qualquer agência da CEF, no horário de expediente das 10h às 15h, de segunda a sexta-feira. O valor do saque será equivalente ao saldo existente na conta vinculada, limitado a R$ 6.220,00. "Nós credenciamos 211 famílias e a Caixa Econômica está liberando o pagamento para aquelas pessoas que foram afetadas pelas chuvas e que estão dentro dos critérios estabelecidos pela Defesa Civil Municipal e pela agência bancária. É importante ressaltar que para receber o benefício a pessoa precisa ter saldo no FGTS", explicou o Coordenador Municipal da Defesa Civil Darlison Maia.

O trabalhador poderá solicitar a liberação do FGTS apresentando os documentos necessários para saque (originais e cópias): Carteira de Identidade (RG); Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS); comprovante de residência com data anterior a decretação da calamidade ou comprovante de endereço por Declaração emitida pela Prefeitura, em papel timbrado, datada e assinada pela autoridade competente, onde ateste que o trabalhador é residente da área atingida.

Enxurrada - A Prefeitura de Santarém decretou situação de emergência no dia 26 de março de 2018, em decorrência das fortes chuvas que atingiram o município, causando danos aos moradores e prejuízos materiais.

Nos dias 21 e 22 de fevereiro, as chuvas começaram com maior intensidade no município. De acordo com os registros pluviométricos constatados na área urbana, nos dias 26 e 29 de fevereiro o volume de chuvas chegou a 160,8 mm e 96,4 mm, respectivamente, e entre os dias 24 e 25 de março o acumulado foi de 188,8 mm.

Segundo dados da Defesa Civil, 466 residências foram atingidas com total de 1.298 pessoas desalojadas e 21.983 afetadas, além de ocorrências de ruas e pontes danificadas, com a constatação de impactos negativos a economia.
Fonte: Prefeitura de Santarém