Anúncio

O clima aqueceu em Belterra e vereadores pediram a abertura de uma CPI para investigar a SEMAT(Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo)

Vereadores de Belterra solicitam a abertura de uma CPI para investigar a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo (SEMAT).
Novembro de 2017 foi um mês quente e de muita fumaça em Belterra. O motivo foram diversos focos de incêndios que surgiram pela cidade, inclusive em área de proteção ambiental. Aqueles incêndios colocaram a SEMAT (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo) no foco das críticas. Todavia, nem de longe o clima ficou tão quente quanto agora. 

Naquela época, em meios às críticas, a SEMAT deu uma resposta à altura, com direito à pose para fotos, demostrando que juntos, unidos eles conseguiam apagar qualquer incêndio. Na foto a seguir, publicada naquela época pelo Blog do Ronilson, é possível ver a então secretária do meio ambiente, Alcione Oliveira (esta que está de blusa preta na fileira da frente), a chefe de fiscalizações, Manuela Florenzano (localizada na fileira de trás, da esquerda para a direita é a 7ª pessoa - sendo a terceira mulher), ladeados pelos demais servidores da SEMAT e com o apoio da defesa civil e dos bombeiros. 


Aquela foto, com toda a "família unida", parecia ser um sinal de que a paz reinava no meio da equipe. Todavia a aparente união foi por água abaixo quando a então secretária Alcione Oliveira foi exonerada pelo prefeito Jociclélio Macêdo no último dia 05/01/2018 e em seu lugar assumiu a sua colega de trabalho: Manuela Florenzano. Desde então parece que derramaram um barril de pólvora e a partir daí o enredo do filme de Tróia se tornou impotente diante do enredo da SEMAT (?!?!). 

TURBULÊNCIAS NA SEMAT
Durante a gestão da Alcione, aconteceu de tudo. Fontes dizem que ela perdeu parte do apoio de tinha de alguns "caciques". Além disto ocorreram vários incêndios (que apesar da mesma não ter culpa, findaram deixando sua gestão sob os holofotes da blogosfera, bem como dos adversários políticos da atual gestão) além de receber muita crítica devido a fiscalização "pesada" da SEMAT contra exploração de madeira, arreia e etc. 

Dentre os vários fatos que ocorreram durante sua gestão, destaca-se a ocasião (em 18 de Outubro de 2017) quando a SEMAT autuou o empresário Sr. Cláudio Gonçalves, esposo da vereadora Auzenir Monteiro(PSDB),  pelo suposto desmatamento de 16 hectares. Na ocasião o mesmo foi multado e teve o seu trator de esteira apreendido, conforme relatado pelo Blog do Ronilson neste link, e a secretária Alcione Oliveira ficou como fiel depositária do trator. Porém, o trator aprendido SUMIU. Para a SEMAT (em resposta oficial ao Blog, por meio do Sistema e-SIC, conforme imagem a seguir, no ítem 5) o Sr. Cláudio retirou o trator do lugar (onde foi deixado após a autuação) e desde então a SEMAT não havia o encontrado. Todavia, fontes ligadas ao empresário afirmam que desde que o seu trator foi apreendido o mesmo não teve mais acesso ao equipamento. Apesar disto desconhecemos se foi registrado qualquer Boletim de Ocorrência do sumiço desse trator tanto por parte do empresário, quanto por parte da SEMAT (!?!?!?).
Resposta da pela SEMAT, ao Blog do Ronilson, sobre o caso da autuação do Sr. Cláudio Gonçalves.


SEMAT: VIROU CASO DE POLÍCIA E PODE VIRAR CASO PARA O MP
Pra iniciar, após a exoneração, Alcione registrou um Boletim de Ocorrência onde falou ao delegado que sua sala foi arrombada  no dia 06/01/2008 - ainda antes que ela assinasse o ofício de exoneração. Ao delegado, conforme imagem a seguir, Alcione acusou sua ex-fiel-escudeira, Manuela Florenzano, de ser uma das pessoas que arrombou sua sala, conforme pode ser visto no recorte do B.O a seguir:


O B.O., na íntegra, está disponível neste link e até o momento a acusada pela Alcione não se pronunciou ao blog, apesar de termos concedido o espaço para que a mesma se manifestasse.

Desde então diversas denúncias vieram a tona. Ficou um ti-ti-ti pela cidade de Belterra, com denúncias de cobrança de propina e outras denúncias, inclusive citando vereadores. Ficou um zum-zum-zum de que A teria gravado ação suspeita de B, B teria gravado C, passou a rolar prints de conversa pra lá e pra cá e o clima pesou no meio político.

No último dia 10/01/2018 o Blogueiro Edinei chegou a publicar prints de uma conversa e a cópia de um documento onde é possível ver parte dessas denúncias, conforme pode ser visto nas imagens a seguir, obtidas no Blog do Edinei, neste link.

VEREADORES SOLICITAM A ABERTURA DE UMA CPI
Enquanto isso alguns vereadores tiveram reuniões "calorosas" discutindo a situação e pedindo a "cabeça da secretária" Manuela. Todavia, apesar do "tiroteio" de denúncias pra todo lado a secretária Manuela Florenzano - que já foi secretária do meio ambiente em Óbidos -  manteve-se no cargo, firme e forte. Segundo fontes a mesma chegou a pedir sua exoneração, porém o Prefeito não concedeu(?!?!?). Nesta tarde tentamos entrar em contato com a secretária porém a mesma parecia está off e não nos respondeu.
Foto da Manuela Florenzano, quando era secretária do Meio Ambiente de Óbidos. Fonte da foto: link
Enquanto isso, por volta do meio dia de hoje (15/01) os vereadores Jonas Palheta (PSD), líder da bancada do governo na câmara, Auzenir Monteiro (PSDB), Tinem (PT) e Helivelton Noronha (PT) protocolaram um pedido de abertura de uma CPI(Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar os "quilos de denúncias" que pesam contra a SEMAT, conforme pode ser visto na cópia de requerimento a seguir:

Requerimento para criação de uma CPI para investigar a SEMAT/Belterra

Requerimento para criação de uma CPI para investigar a SEMAT/Belterra

A CPI VAI SER ABERTA? 
VÃO CORTAR NA PRÓPRIA CARNE?  SERÁ?
Apesar do pedido de abertura de CPI isso não garante que haverá uma CPI. Isso porque, o presidente da câmara, o vereador Serjão (DEM) tem o poder de vetar o prosseguimento da mesma e além disso ele tem o poder de escolher quais vereadores vão participar desta investigação.

Daí ficam algumas perguntas:

  • Será se o vereador Serjão, que é do partido do prefeito e seu forte aliado, vai vetar a CPI?
  • E se for aprovada, apenas a base aliada vai participar da investigação? 
  • Essa investigação vai mesmo cortar na própria carne? Pois segundo fontes há denúncias, também contra vereadores. 
Sem dúvida nenhuma será o primeiro teste de fogo (fazendo jus à arte acima) que a gestão do Prefeito Dr. Macêdo (DEM) passará. Será um momento oportunidade para atual gestão mostrar se quer mesmo ser um diferencial no combate à corrupção ou se vai jogar tudo debaixo do tapete. Afinal quem não deve não teme e uma CPI não diz que já existe culpa, apenas investigará à fundo todas as denúncias. 

O QUE O PREFEITO DIZ?
Na tarde de hoje, o Blog do Ronilson entrou em contato com o prefeito e o mesmo nos garantiu que ainda não chegou nenhuma denúncia formal ao executivo. Mas que acredita no legislativo e "se esta CPI for aprovada, deverá esclarecer muita coisa e pedir punição dos culpados", disse o prefeito. E em seguida assegurou que se chegar denúncia por escrito ele irá encaminhar ao Ministério Público para apuração.


ESTAMOS NA TORCIDA:
O Blog do Ronilson assim como grande parte da população torce para que tudo seja apurado e que realmente traga a verdade à tona. 

O Blog do fica a disposição por meio do Fale Conosco para qualquer pessoa que queira exercer o seu direito de resposta, conforme assegura a legislação vigente ou que queira enviar qualquer denúncia sobre este caso. Acesse: http://ronilsonsb.blogspot.com/p/fale-conosco.html

Postar um comentário

0 Comentários