Parto (des)humanizado: homem tenta acompanhar esposa em trabalho de parto e é atendido na base da porrada no PSM de Santarém - Blog do Ronilson

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 4 de novembro de 2017

Parto (des)humanizado: homem tenta acompanhar esposa em trabalho de parto e é atendido na base da porrada no PSM de Santarém

O caso aconteceu neste sábado (04/11/2017) quando um homem, identificado por Ronei Araújo, chegou ao hospital acompanhando sua esposa. A mulher passou pela porta que dá acesso ao setor obstétrico do hospital. Porém quando Ronei tentou acompanhar a esposa, levando as roupas para a esposa e o bebê, o mesmo foi impedido por "servidores público". Mesmo alegando que a companheira tem esse direito garantido pela Lei Nº 11.108/2005 Ronei foi impedido. 

Neste momento Ronei pegou o celular celular e começou a filmar o impedimento feito pelos servidores - visando registrar os fatos. Enquanto ele filmava, um porteiro do PSM o agrediu com socos, quebrando o nariz de Ronei.

Após as agressões ele acionou a Polícia Militar e foi a 16ª Seccional de Polícia Civil registrar o caso.

Convém destacar que a Lei Nº 11.108 garante às mulheres em trabalho de parto o direito à presença de um acompanhante durante o trabalho de parto e/ou pós-parto no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). O acompanhante deve ser indicado pela gestante. 

Posicionamento  da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)
Em nota a Semsa informou que a direção do Pronto Socorro Municipal está apurando o ocorrido na manhã deste sábado (4), na portaria do PSM.

De acordo com a nota, se comprovada a agressão ao acompanhante da paciente por parte de um servidor do PSM, todas as medidas necessárias serão adotadas, uma vez que o PSM é porta aberta e preza pelo atendimento de qualidade, principalmente humanizado para com seus pacientes e acompanhantes.


Esperamos que realmente haja uma sindicância e saibamos o resultado da mesma, pois salvo engano, até o presente momento não foi divulgado nada referente àquela sindicância sobre as mortes de crianças récem-nascidas. 

O servidor acusado de agredir Ronei foi exonerado  (Atualização em 06/11/2017 as 14:20)


Em nota, divulgada hoje (06/11) a Secretaria Municipal de Saúde(Semsa) informou que Ronei de Araújo está recebendo toda assistência médica necessária, passou por avaliação do médico plantonista e do bucomaxilo, fez exames de imagens e foi encaminhado para o otorrinolaringologista.

A Semsa lamenta o ocorrido e comunica que o servidor acusado de agressão foi exonerado de suas funções.

A Semsa informa ainda que para proporcionar mais conforto e agilidade ao atendimento das pacientes grávidas, o acesso ao Hospital Municipal pelo Centro de Referência em Saúde da Mulher, deve passar a ser 24 horas ainda este mês, e os servidores do HMS devem passar por curso de capacitação e humanização nos dias 16 e 17 de novembro.

Por sim a secretaria comunica que o processo licitatório para reforma e adequações do setor de obstetrícia do Hospital Municipal já está em curso e reitera  que preza pela qualidade e humanização no atendimentos aos pacientes e acompanhantes.

Fonte: G1 e ASCOM/Prefeitura de Santarém 

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Post Bottom Ad

Páginas