Trabalhador deve sacar FGTS inativo mesmo sem dívida. Veja porque... - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Trabalhador deve sacar FGTS inativo mesmo sem dívida. Veja porque...




Os trabalhadores que têm direito a sacar o saldo total disponível em contas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) até 31 de dezembro de 2015 devem fazê-lo assim que possível, mesmo se não tiverem dívidas a pagar, segundo especialistas em finanças pessoais.



A possibilidade foi anunciada hoje pelo presidente Michel Temer, em mais uma tentativa do governo para estimular a retomada da economia —com a decisão, 30 bilhões de reais que estão “parados” devem entrar em circulação no país. Consulte quanto você poderá sacar de contas inativas do FGTS.



Com os recursos liberados, o governo espera que a população pague dívidas, mas isso não é uma condição para o saque dos recursos. Ou seja, quem não tiver contas a pagar, poderá investir o dinheiro para a aposentadoria.



“Qualquer coisa que você puder fazer com o seu FGTS vale a pena”, diz o consultor financeiro André Massaro. “Melhor ainda se você puder quitar uma dívida pela qual você paga 10% ou mais de juros ao mês. Você vai estar se livrando de algo que compromete seu orçamento com um dinheiro que, antes, só poderia ser usado para a compra de um imóvel ou quando você se aposentasse.”



Inicialmente, o governo estudava limitar o valor para saque em mil reais, mas recuou dessa intenção. Segundo o ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, 86% das contas inativas do FGTS aptas para resgate têm menos de um salário mínimo (880 reais).



Um calendário com as datas em que as pessoas poderão retirar os recursos será divulgado até 1º de fevereiro de 2017 e vai depender da data de nascimento dos trabalhadores.



“A rentabilidade do FGTS, hoje, é horrível em comparação a outros investimentos”, diz o economista Simão Silber, professor da FEA-SUP (Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo). “Mesmo com a mudança na remuneração do FGTS [anunciada pelo governo na semana passada], vale mais a pena pegar o dinheiro e colocar em outras aplicações.”



Atualmente, a remuneração do FGTS é de 3% ao ano mais Taxa Referencial —bem abaixo da inflação, que está em mais de 6% em 12 meses. A proposta do governo prevê um aumento do retorno para algo em torno de 5% a 6% ao ano mais TR. Para isso, será utilizado 50% do lucro obtido com o investimento do patrimônio do Fundo.



Cuidados



Apesar da recomendação para que os trabalhadores saquem o dinheiro das contas inativas do FGTS, especialistas alertam para que as pessoas usem os recursos com consciência —pagar dívida deve ser prioridade.



Fonte: Exame e Cidadeverde

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad