Anuário Mineral do Pará completa cinco anos e Simineral apresenta o tema da próxima edição - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Anuário Mineral do Pará completa cinco anos e Simineral apresenta o tema da próxima edição




 O lançamento oficial será em março de 2016
 


Nesta quinta, 17 de setembro, o Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral) fará o pré-lançamento do tema da quinta edição do Anuário Mineral do Pará, no auditório do Atrium Hotel Quinta de Pedras, às 19h30. Durante o evento também será divulgada a capa da edição 2016. Com base no tema geral serão desenvolvidos os vários capítulos do Anuário, trazendo dados atualizados dos números expressivos da produção, exportação, investimentos, geração de empregos e benefícios para a comunidade, além de matérias e entrevistas com renomados profissionais do setor no Estado. O anuário destina às indústrias minerais e seus fornecedores um espaço qualificado para a divulgação de projetos, produtos e serviços. Este pré-lançamento é também a oportunidade de novos parceiros conhecerem o projeto. O Anuário oficial será divulgado em março de 2016.

Em 2012, o presidente do Simineral, José Fernando Gomes Júnior, lançou a primeira edição do Anuário, abordando o tema "A informação a serviço do desenvolvimento sustentável da mineração". E desde então a publicação tem servido como um novo canal de interlocução. Além da versão impressa, o Anuário é lançado na versão online, disponível no site do sindicato, e exemplares digitais, que são distribuídos em escolas públicas e instituições de ensino superior.

De acordo com o presidente, o anuário é muito mais do que um veículo de informação do setor. “Ele é uma ferramenta de consulta e uma vitrine do que há de melhor no mineral-negócio paraense. Além disso, agrega visão de futuro, tendências em inovação, tecnologia e sustentabilidade, valorizando as pessoas que atuam na indústria da mineração e colaboram para o seu desenvolvimento”, afirma.

História – Considerada uma publicação completa no que diz respeito à mineração paraense, o Anuário sempre buscou inovar em cada edição, apresentando novidades aos leitores. A primeira edição foi lançada em 15 de março de 2012. À época, foram distribuídos 1500 exemplares impressos e 1200 cds para as escolas públicas. A publicação foi lançada em quatro municípios do interior do Pará. Junto com a primeira edição foi lançado o 1º Concurso de Redação da Mineração, que teve a participação de mais de mil alunos da rede pública de ensino.

De lá para cá, a publicação foi evoluindo, ganhando incremento de novos destaques. Em 2013, o 2º Anuário, sob o tema “Minérios da nossa terra, riquezas para a nossa gente”, veio com o dobro do número de exemplares – foram distribuídos cerca de 3 mil exemplares impressos e 7 mil cds. A grande novidade foi o lançamento do 1º Anuarinho, versão exclusivamente direcionada ao público infantil. Os lançamentos presenciais da publicação superaram o primeiro: 11 municípios no total. À segunda versão foram incorporados os prêmios Minerador Destaque e Comenda de Mérito Minerador Honorário, o I Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo e o II Concurso de Redação, com 4 mil alunos inscritos.

Em 2014, o 3º Anuário ousou, ainda mais. A publicação veio bilíngue (português/inglês), trazendo como tema “Mineração sustentável. Um legado para a nossa gente”. Foram 5 mil exemplares impressos e 15 mil cds distribuídos. A publicação trouxe dois capítulos inéditos sobre Sustentabilidade e os Pioneiros da Mineração no Pará e superou o número de lançamentos no interior do estado, chegando em 14 municípios. O 3º Concurso de Redação também superou os públicos anteriores, com 10 mil alunos inscritos.

Este ano, com foco na responsabilidade social, a publicação trouxe como tema “Mineração com responsabilidade social. A vida é nossa maior riqueza”. Também foi lançado o 4º Concurso de Redação da Mineração e o 3º Prêmio Hamilton Pinheiro de Jornalismo, ainda com inscrições abertas.

José Fernando Júnior lembra que ter uma publicação que retratasse o setor, destacando suas contribuições econômicas e socioambientais para o Estado, era um desejo, mas fazer com que essa publicação se tornasse um legado para a sociedade era sonho, que hoje é uma realidade. “Ver esse sonho materializado para nós foi uma grande conquista. Uma conquista que já tem cinco anos. E isso é fruto de um esforço conjunto dos parceiros, associados e da sociedade em geral”, ressalta.


 


Fonte: ASCOM


Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad