Trabalhadores rurais protestam na sede do INCRA de Santarém - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Trabalhadores rurais protestam na sede do INCRA de Santarém




Foto reprodução do Portal Notapajós. 


O 1º Movimento pela Agilidade das Ações de Governo no Oeste do Pará acampou nas dependências do INCRA localizado na Avenida Presidente Vargas, município de Santarém. Cerca de 300 trabalhadores rurais de Santarém, Belterra e Mojuí dos Campos decidiram ocupar o órgão federal para exigir políticas públicas para o campo, como por exemplo, a regularização fundiária, a construção e casas, liberação de verbas de apoio, melhorias nas estradas, financiamento, georeferenciamentos dos lotes estre outras melhorias. O movimento começou na terça-feira dia 25 nas cidades de Santarém, Trairão, Anapu e Altamira.





Neste momento, os manifestantes estão alojados no auditório da instituição aguardando a negociação que está ocorrendo em Altamira. Está prevista a vinda do presidente nacional do INCRA Carlos Guedes para esta sexta-feira enviando pela presidente Dilma Roussef, além de secretários do Governo do Estado que já chegaram em Altamira.





A vice-presidente do STTR de Santarém Marilene Santos declarou há pouco que o movimento é pacífico e que o objetivo é o povo do campo seja ouvido e tenha suas reivindicações atendidas. Ela ressaltou que pretendem continuar no local até que sejam negociadas as pautas do movimento. Não há previsão de desocupação do prédio.





Leia mais sobre o Movimento:


ORGANIZAÇÕES SOCIAIS PROMOVEM AÇÃO DE MASSA NO OESTE DO PARÁ DE 25 A 28 DE JUNHO





Na manhã desta terça-feira, dia 25, iniciou em Santarém o 1º Movimento pela Agilidade das Ações de Governo no Oeste do Pará. Na abertura, estavam presentes os representantes das organizações sociais e entidades da região Oeste do Pará. O Movimento iniciou na sede do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santarém localizado na Avenida Cuiabá próximo à Avenida Moaçara. Ao mesmo tempo, estão ocorrendo manifestações paralelas nos municípios de Altamira, Trairão e Anapu. As principais reivindicações dos manifestantes são as políticas públicas para o desenvolvimento da região Oeste do Pará.





Em Santarém, participam as seguintes entidades: Sindicatos de Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais (Santarém, Belterra, Óbidos, Alenquer e Mojuí dos Campos); Federação dos Trabalhadores na Agricultura (Fetagri - Estadual e Regional); Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa); Federação das Associações de Moradores de Santarém (Famcos), União dos Estudantes Universitários (Ues), Associação dos Produtores Rurais de Santarém (Aprusan); Federação da Flona-Tapajós; Cooperativa da FLONA; Federação dos Agroextrativistas do PAE Lago Grande (Feagle); Federação dos Moradores e Comunitários do Assentamento Agroextrativista do Eixo Forte (Famceef); Colônia de Pescadores (Z20); Conselho Nacional das Populações Tradicionais (CNS-Regional); FASE – Amazônia; Grupo de Defesa da Amazônia e Igreja Católica.





A programação continua até o dia 28 de junho com passeatas nas ruas e entrega da pauta de reivindicações nos órgãos estadual e federal. A mesa de negociação com os Governos Federal e Estadual será realizada no município de Altamira, onde está sendo construída a hidroelétrica de Belo Monte, palco dos principais movimentos da atualidade. Estão à frente da negociação o presidente da Fundação Viver, Produzir e Preservar de Altamira - João Batista Uchoa; o coordenador do Colegiado de Desenvolvimento Territorial – CODETER/BR-163 com sede em Itaituba - João Paulo Meister; e o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Santarém Manoel Edivaldo Santos. Esta comissão já havia protocolado junto aos órgãos federal e estadual, as pautas do movimento.





As principais reivindicações para o desenvolvimento econômico e social dos municípios do oeste paraense são as seguintes: 






  • Regularização Fundiária - Georeferenciamento dos Assentamentos e das áreas de regularização fundiária;

  • Aprovação do Plano de Manejo das Resex;

  • Licenciamento Ambiental nas áreas Indígenas para asfaltamento da Transamazônica - trecho Medicilândia - Rurópolis e Repartimento a Marabá;

  • Plano de Regularização Ambiental - Municipalização do CAR - Cadastro Ambiental Rural; Viabilização dos Distritos Florestais; regularização ambiental das atividades produtivas na região.

  •  Plano de Financiamento das Atividades Produtivas, com Assistência Técnica e Extensão Rural;

  • Plano de Infraestrutura Urbana e Rural - Estradas, Saneamento, Eletrificação Urbana (reluz) e Moradia Urbana e Rural;

  • Saúde - Ampliação da Rede Pública de Saúde - com a construção de Hospitais Regionais em Oriximiná, Monte Alegre e Itaituba; construção do hospital municipal em Castelo dos Sonhos e Medicilândia;

  • Educação - Ensino Médio, Apoio para as Casas Familiares Rurais (CFRs), Expansão da UFOPA, UEPA, IFPA, UFPA e funcionamento do Pronera;

  • Desenvolvimento Econômico - Financiamentos para o avanço tecnológico na Agricultura Familiar; economia florestal, pesqueira, agropecuária e minerária.

  • Plano de Segurança Pública;

  •  Fortalecimento das Instituições Federais - alocação de recursos para a Superintendência do INCRA de Altamira e Santarém; Implantação de Superintendência do INCRA em Itaituba e Posto Avançado do INCRA em Novo Progresso; Criação e estruturação do Escritório do Terra Legal em Altamira; Apressar a inauguração das Agências do INSS; fortalecimento do Ministério do Trabalho; acelerar a inauguração de novos prédios da CEPLAC em Medicilândia, Novo Progresso e Pacajá; instalação de Comarca e Defensoria Publica em Aveiro e Trairão;

  • Construção de quadras poliesportivas nas cidades da região.


Com informações do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Santarem


Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad