Evangélicos realizam Manifestação em Brasília em favor da família e da liberdade de expressão - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Evangélicos realizam Manifestação em Brasília em favor da família e da liberdade de expressão


Do Gospel+




Anunciada por seu idealizador, o pastor Silas Malafaia, como a maior manifestação desde as Diretas Já, a “Manifestação pela liberdade de expressão, liberdade religiosa e família tradicional” reuniu milhares de evangélicos na tarde dessa quarta feira (05) em frente ao Congresso Nacional, em Brasília.





O evento contou com a participação de 40 mil manifestantes, de acordo com o comando da Polícia Militar (70 mil, segundo os organizadores), que tinham como objetivo protestar contra a descriminalização do aborto e o casamento gay e pedir liberdade de expressão religiosa.





Um palco montado em frente ao Congresso Nacional reuniu líderes evangélicos, políticos de vários partidos, dentre eles dezenas de parlamentares ligados à bancada evangélica se revezaram para discursar, e também artistas gospel, que fizeram diversos shows que entreteram os milhares de presentes.





Entre as lideranças evangélicas que apoiaram o evento, se destacam R.R. Soares, Márcio Valadão, Edir Macedo, Ronson Rodovalho, Luciano Subirá, José Wellington, Rina, e Valdemiro Santiago. Lideranças católicas como o cardeal Dom Odílio Scherer, considerado um dos principais arcebispos do Brasil, também apoiaram a manifestação.





A maioria dos discursos do evento foi entorno da polêmica sobre o casamento entre casais homoafetivos e os esforços de parlamentares ligados a movimentos sociais de tentar criminalizar a homofobia.





- A sociedade é livre para criticar evangélico, criticar católico, criticar deputado. Agora, se criticar a prática homossexual é homofobia. – declarou o pastor Malafaia, ressaltando que, na opinião dele, “não existe delito de opinião”, segundo o G1.





- Não existe opinião homofóbica. Existe homofobia. A sociedade é livre para criticar evangélico, criticar católico, criticar deputado. Agora, se criticar a prática homossexual é homofobia. Vai ver se eu estou na esquina – completou o pastor, que durante seu discurso chegou a afirma que o “ativismo gay” é “lixo moral”.





- Eles nos chamam de fundamentalistas. Fundamentalistas porque defendemos a família, defendemos valores morais, somos contra as drogas. Sabe o que eles são? Os fundamentalistas do lixo moral! Escreve aí que o pastor Silas Malafaia chamou o ativismo gay de fundamentalismo do lixo moral – declarou Malafaia.





Presente no evento, o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, deputado pastor Marco Feliciano (PSC-SP), afirmou que os críticos do casamento homossexual não lutam contra os gays, e sim “a favor da família”.





- [O evento] é uma resposta aos governantes e a todas as pessoas que chamam de progresso aquilo que não é, que é retrocesso. A família é a base de toda a sociedade. A minha permanência na Comissão de Direitos Humanos é a favor da família. Eu mostrei isso sem xingamento, sem briga, sem nada – afirmou o parlamentar.





Silas Malafaia criticou ainda a tentativa de alguns parlamentares de regulamentar a atividade da imprensa, ato considerado pelo religioso como um atentado à liberdade de expressão. Segundo ele, para calar manifestações como a dele os políticos teriam que “rasgar a Constituição do Brasil”.





- Esses esquerdopatas querem controlar a imprensa. Estão pensando que somos uma Bolívia, uma Venezuela. Aqui não! Aqui é imprensa livre. Os esquerdopatas querem um novo marco regulatório para controlar a imprensa, o Estado e a sociedade. Querem colocar a mão na gente, querem colocar a mão em nós. E ninguém vai nos calar. Para calar a nossa voz, vai ter que rasgar a Constituição do Brasil.





Além dos presentes no local, o evento contou também com apoiadores através das redes sociais. No Twitter, várias pessoas usaram a hashtag #ManifestaçãoPacíficaEmBrasília, para publicar suas impressões sobre o evento.





- #manifestacaopacificaembrasilia eu apoio e oro por uma Igreja diferenciada e reconhecida por seus atos de amor – postou Helena Tannure.





- Que todo joelho se dobre ao poder de Deus sobre esta nação. #ManifestaçãoPacíficaEmBrasília – escreveu a psicóloga cristã Marisa Lobo. Pastores como Luciano Subirá e Antônio Cirilo também postaram a hashtag do evento em seus perfis na rede social, segundo o The Christian Post.





O evento organizado pelas lideranças evangélicas foi marcado também por manifestações contrárias, principalmente de ativistas ligados ao movimento LGBT. Durante a manifestação, um grupo carregando bandeiras do movimento gay gritou palavras de ordem a favor da união homoafetiva e do aborto.





Outro detalhe que marcou o evento foi a presença de ativistas do partido de Marina Silva, Rede Sustentabilidade, que aproveitaram a multidão reunida para coletar assinaturas de apoiadores.





Veja fotos e vídeos do evento no Gospel+




* Foto publicada no grupo Somos Contra o Pl 122/2006 no Facebook.

Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad