Pr. Malafaia completa 30 anos de ministério - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

sábado, 1 de setembro de 2012

Pr. Malafaia completa 30 anos de ministério

Do site da Associação Vitória em Cristo:



Conheça a trajetória do Pr. Silas Malafaia, um homem que acreditou no seu sonho e completou este ano três décadas de ministério




Pr. Silas Malafaia / Foto: Reprodução do Gospel+


Maio de 2012. Uma data marcante que celebra 30 anos de ministério frutífero do pastor Silas Malafaia. Os números podem confirmar essa realidade: cerca de 670 milhões de lares alcançados pelo programa Vitória em Cristo, mais de dois milhões de vidas impactadas pelo evangelho nas cruzadas, mais de 100 toneladas de donativos, mais de mil pessoas sendo assistidas por projetos sociais e mais de 50 megaeventos realizados para edificar os cristãos.Tudo isso, porém, não aconteceu da noite para o dia. Um longo caminho foi percorrido até aqui, e recordar um pouco dessa história ajudará a perceber o tamanho da obra divina na vida desse homem de Deus que vive literalmente pela fé.







Desde a sua adolescência, Silas Malafaia sempre foi muito ativo na igreja, mas desejava contribuir mais para o Reino de Deus. O amor pela obra do Senhor o impulsionava a sonhar alto, além das quatro paredes do templo, e o motivava a buscar um diferencial em seu ministério. Certa vez, chegou a compartilhar com um amigo de infância: "Se um dia Deus me chamar para a Sua obra, não quero me tornar um pregador a mais, pois já existem muitos. Quero fazer algo especial para Ele". Aquele jovem sonhador era um homem de visão. Aos 16 anos de idade, já acreditava em seu chamado como anunciador das boas novas de salvação, missão confirmada profeticamente três anos depois, durante uma cruzada no Maracanãzinho. "No meio da mensagem, o preletor fez uma pausa, virou-se para mim e disse: ‘Silas, prepare-se, que Deus irá usá-lo para pregar em toda esta nação’", relatou o futuro pregador, que antes mesmo de ser consagrado a pastor já vislumbrava o poder dos veículos de comunicação como facilitador na propagação do evangelho.





Naquela época, Silas era líder da juventude da igreja e promovia evangelismo de rua sobre carroceria de caminhão e palcos improvisados. Desde então, demonstrava seu diferencial no modo ousado e franco de ministrar as mensagens e nacapacidade de ter ideias inovadoras. Uma delas foi promover o coral de jovens Renascere divulgar seus LPs gravados fazendo um programa de rádio. A experiência serviu para ele se prepararpara um desafio que marcaria o início de uma história frutífera: criar um programa de televisão.





"Pegamos uma Kombi da igreja e fomos visitar alguns canais de televisão que possuíam filiais no Rio de Janeiro. Sabíamos que não seria nada fácil, mas não se constrói uma trajetória sem dar o primeiro passo", disse Fernando Bessler, amigo que acompanhou de perto essa peregrinação de Silas Malafaia em busca de espaço na mídia para divulgar o evangelho.





Após a recusa de diversas emissoras, os dois amigos não desanimaram. Descobriram uma TV com programação local que não haviam visitado. Sem perdade tempo foram ao estúdio do canal, em São Cristóvão. "Tomamos um chá de cadeira, mas o diretor nos atendeu bem. Depois de muita conversa, ele nos falou o valor do espaço na programação. Não tínhamos dinheiro nem sabíamos como pagar. Mas havia um sonho e a certeza de que ele seria viabilizado por Deus. Fechamos negócio pela fé", revelou Silas.





Em 1982, ano em que Silas Malafaia foi consagrado pastor,estreou o programa Renascer. "Isso foi um impacto na época. Na década de 90,acho que só havia um programa evangélico no Rio de Janeiro", lembrou ele, que teve como primeiro patrocinador uma empresa de turismo.





Nos primeiros anos, o pastor enfrentou diversas dificuldades financeiras para manter no ar a atração de 15 minutos. Chegou até a abrir mão de seu carro, na época um fusquinha, para prosseguir com seu sonho.Mas isso não foi suficiente nos meses seguintes. Uma nova estratégia precisava ser implementada. Após muita oração, ele resolveu compartilhar o problema com os telespectadores. Informou no ar que o programa acabaria caso as pessoas não contribuíssem. A resposta foi imediata. Muitos, inclusive não evangélicos, sensibilizaram-se e começaram a ofertar.





Entretanto, no decorrer dos anos outros contratemposdificultaram a manutenção do programa. Os patrocínios na TV eram inconstantes, e o valor pelo espaço na televisão começou a aumentar. "Mas, quanto maior a luta, maior a vitória", repetia o pastor Silas. Realmente ele estava certo. Deus agiria com provisão. Como a procura por seus livros e CDs de mensagem era grande, fundoua editora Central Gospel, para levantar recursos queajudariam a pagar à emissora.





Durante essa trajetória, o pastor Silas contou com um braço forte, sua esposa,a pastora Elizete Malafaia. Ela disse que os dois aprenderam juntos a superar os momentos de dificuldades. "Quantas vezes eu vi o Silas orando, chorando. Ele dizia: "Senhor, como é que vai ser?". A gente orava junto. E eu sempre acreditei no chamado dele e no chamado que eu tinha para estar do lado dele. Antes mesmo de nos casarmos, já falávamos sobre isso."





Foi com muita oração, perseverança e fé que esse ministério prosseguiu superando os desafios que apareciam no caminho. A cada ano um novo patamar era alcançado. Não foi diferente com a Central Gospel. Num pequeno quarto na casa de Elba Alencar, irmã de Elizete,a editora começou a crescer. Dia após dia aumentava a procura porseus produtos. "Acredito que isso aconteceu porque a mão de Deus estava sobre nós, e porque o pastor Silas sempre exigiu excelência em tudo, pois dizia que tinha de oferecer o melhor a Deus", ressaltou Elba, que se tornou a diretora executiva da Central Gospel.





O sentimento de gratidão a Deus por mais essa provisão era imenso. Assim como o pastor era abençoado, ele também desejava abençoar. Nasceu em 2000a Associação Vitória em Cristo, uma instituição sem fins lucrativos que, além de cuidar do programa e promovercruzadas evangelísticas, trabalha em prol das causas sociais, patrocinando projetos em casas de recuperação, penitenciárias, hospitais e comunidades.





Ao longo dos anos, o Senhor honrou a fé e o empenho desse jovem sonhador. O programa passou a chamar-se Vitória em Cristo e ampliou seu alcance a todo o território nacional, tendo a partir de então uma hora de duração. Tal conquista, porém, não significava a conclusão de um sonho. O pastor Silas almejava alcançar o maior número de nações com o evangelho.





No início de 2003, o Vitória em Cristo já era transmitido para parte da Europa. Depois ampliou sua abrangência sendo exibido também para os Estados Unidos e a Ásia na versão em português e legendada em inglês. Em 2005, eram 45 milhões de lares alcançados pelo programa. Mas foi só em 2010 que o sonho do pastor se tornou realidade.





Em julho daquele ano, o programa ganhou a versão dublada em inglês e começou a ser transmitido para 127 países pela rede de televisão Inspiration.Seis meses depois foi feita uma nova parceria, o que permitiu exibir o Vitória em Cristo para mais de 200 nações pela emissora Daystar.





"Por tantas vitórias, só tenho uma coisa a dizer: até aqui nos ajudou o Senhor. A Ele seja toda a glória! Sem a misericórdia dele, o apoio das pessoas que participam do meu ministério e os Parceiros Ministeriais, seria impossível realizar esse sonho. Sou tremendamente grato", declarou o pastor Silas Malafaia, que não para de idealizar projetos desafiadores.É um ministério que começou por fé e permanecerá por ela.



Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad