Butantan poderá produzir soros antiofídicos e vacinas em Belterra - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Butantan poderá produzir soros antiofídicos e vacinas em Belterra


Fruto de parceria institucional entre os governos de dois Estados – Pará e São Paulo –, o Butantan Amazônia, a personalidade jurídica própria da base que o Instituto Butantan está montando na cidade de Belterra, no oeste do Pará, deve ganhar impulso esse ano




Fruto de parceria institucional entre os governos de dois Estados – Pará e São Paulo –, o Butantan Amazônia, a personalidade jurídica própria da base que o Instituto Butantan está montando na cidade de Belterra, no oeste do Pará, deve ganhar impulso esse ano. O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Alex Fiúza de Mello, que coordena o projeto pelo Governo do Estado, considera que já foi superada uma de suas etapas mais complexas e delicadas.



O arranjo institucional que permitiu transpor para outro Estado, no caso o Pará, um organismo vinculado a outra unidade federativa – o Estado de São Paulo, mantenedor do Butantan –, só foi possível graças à interveniência de uma organização não governamental, a AmaBrasil. Foi através dela, contratada pelo Instituto paulista, conforme destacou o secretário, que se chegou à criação do Butantan Amazônia, condição necessária para que o projeto pudesse ser finalmente deslanchado. O plano de se criar no Pará uma unidade avançada do Butantan, foi lançada no primeiro mandato de Jatene, mas foi congelado no governo passado.



Alex Fiúza de Mello deixou claro que o Butantan Amazônia será algo muito maior do que se pensou em princípio. A ideia, segundo ele, é criar em Belterra um polo de conhecimento para toda a região, abrangendo pesquisas sobre a fauna e a flora. O secretário destacou que o Butantan Amazônia vai ser implantado por etapas, admitindo-se ao longo do seu processo de consolidação múltiplas possibilidades de pesquisas nos vários campos da biomedicina. Ele prevê que o polo de Belterra possa produzir de início soros antiofídicos e evoluir, no futuro, para a produção de vacinas



Nota do editor: textos, fotos, vídeos, tabelas e outros materiais publicados no espaço "comentários" não refletem necessariamente o pensamento do Portal Blog do Ronilson, sendo de total responsabilidade do(s) autor(es) as informações, juízos de valor e conceitos divulgados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Bottom Ad