Divisão do Estado do Pará SIM - 77 - Blog do Ronilson

Destaques

Home Top Ad

Post Top Ad

sexta-feira, 14 de outubro de 2011

Divisão do Estado do Pará SIM - 77


Respeitando as opiniões em contrário, eu farei um breve comentário que não tem nada haver com a campanha do ódio ou do medo que tenho percebido em favor do Não.






Eu sou do interior do Estado (Santarém), mas morei quase cinco anos em Belém (pra estudar na UFPA). Num exercício de observação simples, comparando a estrutura da capital (mesmo não sendo uma das sete maravilhas do mundo) com a situação de abandono da minha região, dentre outros motivos, sou a favor do voto SIM ao Tapajós.





Nasci no Pará e não considero que quem é a favor da divisão seja traidor (como num email incisivo que me encaminharam recentemente). Esse tipo de argumento do ódio não me contagia.





Aqui na região oeste, há um vácuo da atuação do poder público. Eu acredito que o Estado deve responder sim às demandas dos cidadãos.





O Pará é um Estado com 144 municípios e por mais que algum governante (em geral da capital) tenha boa vontade, muitas partes ficarão ainda desassistidas. É um exercício razoável acreditar que um Estado com 27 municípios, com a capital mais próxima, e uma extensão menor, seja mais fácil para a atuação do poder público.





Quanto aos argumentos sobre a questão de ser paraense e do estado ser "Grande"....digo que esses argumentam não me satisfazem. Primeiro que nunca deixaremos de ser paraenses, porque nossos documentos indicam onde nascemos. Quem nasceu no Pará continuará sendo... 












Quanto à questão do tamanho geográfico do Estado....eu tenho uma pergunta simples: Qual é o cidadão comum que recebe algum benefício pelo simples fato de olhar no mapa e ver a extensão territorial do Estado do Pará? O fato do "Pará ser Grande" garante que chegará comida na mesa de alguma família? Na vida real as pessoas é que tem de lutar, por meio do trabalho, pra garantir sua sobrevivência... de modo que esse argumento também não me contagia.... 





Respeito quem pensa e diz que a solução não é a divisão, mas peço licença pra pensar diferente. Sinceramente, quero finalizar com um pensamente bastante simples: Eu prefiro que os recursos que são destinados por habitante, que levam em consideração os moradores daqui, sejam gastos aqui mesmo. Isso pode não garantir muita coisa, porém, sobre a situação de abandono da região, que conheço in loco, uma coisa eu tenho certeza, parafraseando o folclórico deputado Francisco Everardo Oliveira Silva: "pior do que está não fica".






Postado pelo Professor Walter

7 comentários:

  1. Meu querido eu compartilho do mesmo sentimento que você.. Extensão territorial não garante qualidade de vida...Nós já somos uma região independente em muitos aspectos, precisamos de independencia política, e este será o primeiro passo para o crescimento...
    O que mais me entristece é que a maioria que protesta contra a divisão, nem sabe porque estão dizendo não...
    Por isso aos que defendem a bandeira da não divisão e aos que ainda estão em duvidas eu digo: Procurem saber, conhecer, entender... para aí sim posicionarem-se contra ou a favor...

    ResponderExcluir
  2. "Para quem falava que 80% da população paraense era contra tá ai a pesquisa para desmenti-los.Ainda vai cair muito mais,pois a capanha do SIM vai mostrar a realidade do Verdadeiro Pará.
    A Vitória do Povo paraense,tapojoaense,carajaense, está mais proxima do que se imaginava.SIMMM 77"

    ResponderExcluir
  3. A TURMA DO NÃO ESTÁ UNICAMENTE PREOCUPADO COM O TAMANHO DO PARÁ. TAMANHO NÃO GARANTE NADA... ESTAMOS ATRÁS DE MUITOS ESTADOS MENORES. APESAR DE INVESTIMENTOS PRIVADOS NA REGIÃO, NÃO RECEBEMOS DE VOLTA O QUE PRODUZIMOS, POIS TODOS OS IMPOSTOS E RECURSOS NÃO RETORNAM EM INVESTIMENTOS DE INFRAESTRUTURA, COMO ESCOLAS DE QUALIDADE, HOSPITAIS, REMÉDIOS, ESTRADAS E SANEAMENTO BÁSICO. PARA OBSERVAR, VEJA A ESTRADA BELÉM/SALINAS E BELÉM/SUDESTE DO PARÁ. QUEM VIAJAR DE CARRO SABE O QUE QUERO DIZER.

    ResponderExcluir
  4. Tenho certeza que a turma do "não", jamais viajou pelo Pará realmente pra ver o descaso que é, nem tem filhos que já estão mais de 45 dias fora da escola por descaso de um governador que só voa pelo Pará. Na realidade eles não sabem mesmo porque votam no Não.
    SIM 77

    ResponderExcluir
  5. Gostaria de parabenizar o dono do blog pelo excelente texto.

    tb concordo com todos os cometarios:

    "a maioria que protesta contra a divisão, nem sabe porque estão dizendo não..."

    "A TURMA DO NÃO ESTÁ UNICAMENTE PREOCUPADO COM O TAMANHO DO PARÁ. TAMANHO NÃO GARANTE NADA... ESTAMOS ATRÁS DE MUITOS ESTADOS MENORES"


    "Tenho certeza que a turma do "não", jamais viajou pelo Pará realmente pra ver o descaso que é"


    o pior de tudo é ver pessoas como:

    Fafá de Belém: cantora que mora em portugal quem vem ao Pará para cantar somente na época do cirio de nazaré

    Mirla ex BBB: patricinha da capital q visitou o interior somente na época que tinha "fama' para se aventurar como "Dj"

    que é favor brigue pela causa no fim o Sim vencerá, fé em Deus

    SIM 77

    ResponderExcluir
  6. É verdade, vc não deve ser considerado um traidor. A população precisa mesmo de mais apoio do governo, mas não tem ninguém pra provar que estivessem fazendo tudo isso, toda essa campanha, única e exclusivamente para melhorar a vida dessa população. Todo mundo já sabe que as duas novas tetas do Carajás e Tapajós vão ser criadas pra alimentar quem ta por trás disso.

    ResponderExcluir
  7. Amigo Anônimo, eu te garanto uma coisa, que da mesma forma que estão fazendo campanha para o SIM, farei campanha contra qualquer candidato, que porventura venha surgir futuramente, que não tenha uma boa reputação e uma ficha limpa. E devo lhe dizer, quem quer criar o Estado do Tapajós, não são as "2 novas tetas como vc fala". Quem quer criar o estado do Tapajós e Carajás, são milhares de pessoas... Basta olhar as fotos da grande carreta do SIM que tivemos em Santarém com mais de 20.000 pessoas nas ruas que você já perceberá quem quer criar estes novos estados.

    ResponderExcluir

Post Bottom Ad